Meu Caminho – dia 19

Sair de Astorga rumo ao ponto anterior a Cruz de Ferro. Um pequeno povoado chamado Foncebadón.

A subida não foi difícil, nem a caminhada. A paisagem melhorou, o verde voltou e as cidades grandes vão sumindo aos poucos.

A ideia inicial era ficar em Rabanal del Camino, mas a ideia de ficar em um albergue limitado de vagas, com doação de hospedagem, jantar e café da manhã e atraíram mais. Então, segui para Foncebadón.

Rabanal del Camino é uma passagem bonita, um desses povoados simpáticos do Caminho. Retirei minha bota lá pra descansar, tomar uma água e sentir um pouco o Sol numa das manhãs mais fria que caminhei. Começamos com 6 ou 7 graus que ficaram na casa dos 16 ou 17 até por volta das 11h quando chegamos a Rabanal.

Como aqui é muito seco, só se tem a sensação de frio com vento. Então, como não ventava, decidi tirar a blusa e caminhar de camiseta.

Fui o terceiro a chegar no Albergue que só aceitava 18 peregrinos. Deixei minha mochila na fila guardando meu lugar e procurei um lugar para almoçar.

A noite, o jantar foi simples e gostoso. A hospitaleira voluntária era bem agilizada na cozinha e não quis ajuda. O jantar estava gostoso e fizemos um multidão para arrumar e lavar as coisas.

Havia uma boa energia entre os peregrinos. Uma eletricidade latente com a Cruz de Ferro se aproximando.

O fato curioso, foi quando mostrei minha pedra. Muitos peregrinos não sabiam da história da Pedra. Alguns saíram na rua pra pegar as suas. Alguns até escreveram ou desenharam nelas.

A Cruz de Ferro está chegando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: